[Ip-health] Laboratórios tentam impedir que 20 medicamentos tenham patentes liberadas

Joana Ramos jdr at ramoslink.info
Wed Oct 13 22:16:46 PDT 2010


   News article about the legal strategies being employed by 
mutlinational pharmas in efforts to postpone the  scheduled 2012 
expiration date of  patents on more than 20 drugs, in order to block 
production of corresponding generics in Brazil.

JR

-------------------

http://preview.tinyurl.com/2a4ebww

Correio Braziliense
Publicação: 13/10/2010

Os laboratórios farmacêuticos estão fazendo de tudo para prejudicar os 
consumidores brasileiros, ávidos por comprar remédios mais baratos --- 
muitos, de uso contínuo. As empresas montaram um batalhão de advogados 
para adiar, na Justiça, o prazo de liberação de patentes, que permitirá 
a fabricação de medicamentos genéricos no país. Em média, quando as 
patentes expiram, os preços dos remédios caem até 50%. Estima-se que os 
laboratórios mantenham, atualmente, 270 ações judiciais para retardar, o 
máximo possível, a entrada no mercado de mais de 20 genéricos, que, por 
lei, devem ser liberados até 2012.

As fabricantes de marcas internacionais insistem em manter a 
exclusividade a qualquer custo. Segundo levantamento da Associação 
Brasileira da Indústria de Medicamentos Genéricos (Pró-Genéricos), das 
270 ações judiciais, pelo menos 180 estão espalhadas pelos tribunais do 
Rio de Janeiro e 40, nos de Brasília. As empresas também estão usando a 
estratégia, exposta em mais de 50 processos, de forjar o uso de novos 
princípios ativos nos remédios, como forma de caracterizar uma nova 
patente...............



-----------------
Joana Ramos, MSW
Cancer Resources & Advocacy
Seattle WA USA
+1-206-229-2420
http://ramoslink.info/
www.bmtbasics.org
http://healthwatched.org








More information about the Ip-health mailing list